Pular para o conteúdo
Voltar

Palestra chama a atenção dos alunos para a conscientização do respeito às mulheres

Exemplo de protagonismo juvenil, o convite para a palestra partiu de duas alunas.
Adilson Rosa | Seduc MT

Os alunos ficaram atentos à palestra da doutoranda. - Foto por: Divulgação
Os alunos ficaram atentos à palestra da doutoranda.
A | A

Cerca de 160 estudantes da Escola Estadual Raimundo Pinheiro da Silva, de Cuiabá, participaram de uma palestra sobre a violência contra a mulher. O evento ocorreu nesta quarta (22.01) e quinta-feira (23.01) e teve uma grande participação também de meninos que prestaram atenção na abordagem do tema: “conhecendo a violência de gênero e a lei Maria da Penha”.

Segundo a palestrante, a doutoranda em ciências jurídicas e sociais, Ana Emília Iponema Sotero, o convite para a palestra partiu de duas alunas e foi prontamente aceito.

Ana Emília ressaltou que a presença dos meninos é importante quando se aborda o tema. “Não existe possibilidade de mudar a mentalidade diminuir a violência contra as mulheres sem a participação de homens e mulheres”, argumentou.

Para o diretor da Escola, Elias Martins, a palestra foi positiva, pois a palestrante esclareceu muitos pontos sobre o assunto. “A abordagem trouxe as situações possíveis e isso deixou os alunos empolgados. Se fosse estendida, duraria mais de duas horas”, assinala.

Como somente os alunos do 1º e 2º ano do ensino médio que participaram da palestra, a doutoranda deverá voltar à unidade escolar, na próxima semana, para um bate-papo com os alunos do 3º ano.

Em relação às duas alunas que convidaram a palestrante, o gestor assinalou que se trata de um exemplo do protagonismo juvenil, pois são estudantes críticas e, principalmente, indignadas com a violência em geral. O gestor elogiou a iniciativa das estudantes.

A palestra fez parte da Feira do Conhecimento realizada pelos alunos que teve como tema central, a violência contra a mulher. Para trazer mais informações sobre o tema, convidaram Ana Emília. 





Editorias