Pular para o conteúdo
Voltar

Seduc troca experiências em evento sobre educação especial na Bolívia

Com o tema “Desafios e ações para atender as demandas da pessoa com deficiência”, o intuito do encontro foi promover a troca de experiências entre a Bolívia e o Brasil, além de elaborar, em conjunto, um documento com propostas para melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência de forma integral.
Rosane Brandão | Seduc-MT

Equipe de educação especial participa de evento na Bolívia - Foto por: Assessoria-Seduc
Equipe de educação especial participa de evento na Bolívia
A | A

O coordenador de Educação Especial da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Sergio Carlos da Silva, participou, na semana passada, do primeiro Encontro de Organizações de e para Pessoas com Deficiência, promovido pelo consulado da Bolívia. O evento ocorreu na cidade de San Matias, capital da província de Ángel Sandóval, que faz fronteira com o município de Cáceres (a 225 quilômetros de Cuiabá).

Com o tema “Desafios e ações para atender as demandas da pessoa com deficiência”, o intuito do encontro foi promover a troca de experiências entre a Bolívia (Departamento de Santa Cruz) e o Brasil (Estado de Mato Grosso), ampliar o conhecimento acerca das Leis Nº 223 e Nº 997, que tratam de questões relacionadas a pessoas com deficiência, além de elaborar, em conjunto, um documento com propostas sobre saúde, emprego e ajuda econômica para melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência de forma integral.

Conforme destacou o coordenador Sergio Carlos, Mato Grosso foi convidado para participar do evento pelas experiências e trabalhos positivos na área de educação especial.

“Eles estão construindo um documento com ações que possam avançar no atendimento à pessoa com deficiência, principalmente da região fronteiriça, e a Seduc foi convidada para levar a sua colaboração, uma vez que temos um trabalho consolidado no Estado”, explicou o coordenador, acrescentando que também aprendeu muito com a troca de experiência.

O evento foi promovido em parceria com a Associação de Pais de Pessoas com Deficiência Irmã Leonor Bartolomé Peña, a Fundação de Ajuda Social San Ignácio de Velasco e Programa Nacional de Serviço Social e Legais para Pessoas com Deficiência de San Matias.

Atendimento da Educação Especial

A rede estadual de ensino de Mato Grosso conta com o atendimento da Educação Especial em escolas dos 141 municípios do Estado, beneficiando 18.458 alunos.

Além do atendimento nas escolas de ensino regular, a rede estadual conta também com cinco escolas estaduais especializadas, que são a Raio de Sol, Livre Aprender, Centro Educacional de Apoio ao Deficiente Auditivo (Ceaada) Professora Arlete Migueletti, Centro de Habilitação Profissional (CHP) Celia Rodrigues Duque e Luz do Saber, além de 76 instituições conveniadas.





Editorias