Pular para o conteúdo
Voltar

Empossados novos representantes da Seduc no Conselho Estadual de Educação

A secretária adjunta de Gestão Educacional, Rosa Maria de Araújo Luzardo, tomou posse como representante da Seduc
Adilson Rosa | Seduc M|T

Rosa Luzardo assina termo de posse observada pelo presidente da CEB Sérgio Carlos - Foto por: Divulgação
Rosa Luzardo assina termo de posse observada pelo presidente da CEB Sérgio Carlos
A | A

A nova representante da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) no Conselho Estadual de Educação (CEE), a secretária adjunta de Gestão Educacional, Rosa Maria de Araújo Luzardo, tomou posse nesta sexta-feira (12.04). Rosa Luzardo é a nova conselheira titular da Câmara de Educação Básica (CEB).

“Me sinto orgulhosa em fazer parte do Conselho representando a Seduc. Vou trabalhar com ética, transparência, compromisso e responsabilidade”, destacou.  

Ela lembrou que estará no CEE para compor com os demais conselheiros e defender a escola pública, pois pretende fazer com que todos os processos de melhoria que são convalidados pelo CEE possa chegar à sociedade. “Quero trabalhar em prol da educação pública de Mato Grosso e exercer meu papel de assessoramento ao gestor da Seduc”.  

A professora Suleima Cristina Leite de Moraes, foi nomeada como primeira suplente, representante da Seduc.

O mandato da conselheira e da suplente é de quatro anos, encerrando em abril de 2023”.

Presidência

O  CEE possui funções consultiva, normativa e deliberativa para assessorar as secretarias. Ele possui 24 conselheiros, sendo 12 em cada Câmara. Metade das vagas de cada Câmera são preeenchidas pelo governo e o restante, por representantes da sociedade civil. Os mandatos são de quatro anos e os conselheiros podem ser reconduzidos por mais quatro.  Foram renovados 50% dos conselheiros.

Para a presidência do CEE, para o biênio 2019/20, foi reconduzida Adriana Tomazoni. A nova presidente da Câmara de Educação Profissional e de Educação Superior (CEPS) é a ex-reitora da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) Ana Maria di Renzo.

O professor Sérgio Carlos da Silva, da Educação Especial da Seduc, foi eleito presidente da CEB. Para ele, ser presidente é um cargo de muita responsabilidade. “Somos um órgão deliberativo e consultivo. Vamos fazer o melhor possível”, ressaltou.





Editorias